sexta-feira, 22 de outubro de 2010

As mulheres no Taro

Pensando sobre a Sacerdotiza e a Imperatriz , me remeto a quantidade de mulheres no planeta de varias culturas, de varios tipos , tamanhos , cores e condicionamentos , umas mais caladas outras mais sedutoras, umas intelectualizadas outras mais volateis e ligadas nas futilidades , outras misteriosas outras absolutamente expostas , outras sao um pouco de cada ,  e a cada minuto uma delas se revela dentro ou proximo a nos, em alguns momentos o silencio é o caminho, em outros, criar situacoes é o caminho , às vezes calar para criar tambem é uma opcão , em outras criar e calar e um outra tentiva tudo depende das circunstancias.
A Sacerdotiza fala de misterios , de livros, de segredos e a Imperatriz fala de paciencia para plantar e colher os frutos, de gestar um filho que pode ser uma crianca ou um novo projeto, fala de se preparar durante as inevitaveis 4 estacoes da vida , para criar e silenciar num movimento passivo de seguir em frente com a certeza de que nada e eterno, tanto a alegria quanto a tristeza , os ciclos sempre mudam .
Esperar e uma arte e o que fazemos durante esta espera e o aprendizado ....

Nenhum comentário:

Postar um comentário